Jangada de Pedra

Joana traça no solo uma linha que não se apaga; Sassa lança às águas uma pedra enorme, desafiando a gravidade; José é acompanhado a todo o lado por um bando de  estorninhos; num canto perdido de Espanha, Pedro é o único que sente a terra a  tremer; da mão de Maria escapa-se um novelo que nunca mais termina… Enquanto  esses acontecimentos aparentemente banais se desenrolam, uma fenda aparece ao  longo da fronteira entre Espanha e França, fazendo com que a Península Ibérica parta  à deriva, como uma jangada de pedra… Qual a ligação entre esses personagens e o destino da Península? Até onde um gesto banal pode mudar o rumo de suas vidas?

Em Jangada de Pedra, espetáculo livremente inspirado no livro homônimo de José Saramago, há a fusão de elementos da literatura e do teatro no trabalho da dança. Assim, a Cia busca a discussão sobre as espacialidades do ser, o pertencimento a um território – seja ele geográfico ou subjetivo – e as fronteiras erguidas nas localidades, nas idéias e nos corpos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s